Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Com aumento de CO2 árvores aproveitam melhor a água

Uma grande equipe formada por cientistas do U.S. Forest Service (agência do Departamento de Agricultura dos EUA que administra os 155 bosques e 20 pradarias do país), da Universidade de Harvard (EUA) e de cooperadores concluiu que diante de um aumento de CO2 na atmosfera as árvores responderam com maior eficiência ao aproveitamento da água.

O estudo intitula-se “Aumento da eficiência do uso da água pelas florestas diante do crescimento das concentrações de dióxido de carbono” (“Increase in forest water-use efficiency as atmospheric carbon dioxide concentrations rise”) e foi publicado no jornal “Nature”.

Os líderes da equipes foram Trevor Keenan, da Universidade de Harvard, e Dave Hollinger, especialista em fisiologia das plantas na Northern Research Station do U.S. Forest Service’s. Participaram colegas da Universidade Estadual de Ohio, da Universidade de Indiana e do Instituto de Meteorologia e Clima da Alemanha.

“O Serviço Florestal dos EUA está adquirindo um conhecimento essencial para manter florestas saudáveis e sustentáveis nas mudanças de clima”, explicou Michael T. Rains, diretor da Northern Research Station.

domingo, 18 de agosto de 2013

Terra reverdece com aumento de CO2

CSIRO: dados de satélite mostram o aumento da folhagem de 1982 a 2010
O crescimento do dióxido de carbono (CO2) na atmosfera terrestre propiciou um aumento notável da folhagem verde nas regiões áridas do planeta durante os últimos 30 anos.

Esse aumento agiu como uma verdadeira “adubação com CO2”, escreveu o blog “Watts Up with that”, premiado como o melhor blog do mundo pelo Weblog Award 2013 na categoria ciência.

O estudo foi patrocinado pela ‘Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation’ – CSIRO, agência nacional australiana considerada como um dos mais renomados institutos mundiais de pesquisa.

domingo, 11 de agosto de 2013

No Canadá, cobra “pet” mata duas crianças enquanto dormiam

Píton de Seba, africana, como o "bicho de estimação" da tragédia
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




Há ‘pets’ e ‘pets’. Há bons e ruins. Até muito bons. Mas também muito ruins. A natureza não é de uma bondade imaculada como faz crer a mesma propaganda ambientalista que apresenta o homem como o maior predador do planeta.

Jean-Claude Savoie, dono de um ‘pet shop’ na cidade de Campbellton, no estado canadense de Nouveau-Brunswick, saiu de modo sinistro do sonho idílico verde.

Seu ‘pet shop’ fica no andar térreo de seu sobrado, residindo ele com a família no andar superior. Só que nesta havia um estranho membro, que era seu ‘pet’ preferido: uma serpente píton de Seba africana de 4 a 6 anos, pesando 45 quilos e com 4,30 metros, informou o jornal “La Presse”, de Montreal.

domingo, 4 de agosto de 2013

Contaminação de ar, terra e água atingiu níveis históricos na China

Poluição do ar em Tangshan, província de Hebei, fevereiro 2013
Poluição do ar em Tangshan, província de Hebei, fevereiro 2013

Na China, o nível da contaminação do ar, das terras e das águas atingiu níveis jamais vistos na história e começa a ficar intolerável para seus 1.300 milhões de habitantes, escreveu o jornal “Clarín”, de Buenos Aires.

Para o jornal, não há dúvida de que a causa são os brutais métodos de desenvolvimento econômico socialista das três últimas décadas.

O Partido Comunista Chinês (PCCh) ganhou riqueza e poder na esfera internacional, mas estragou as próprias bases desse avanço e hoje ameaça ruir de um modo sem igual na história.